Início » Livro de Cabeceira » O Imperador de Todos os Males

O Imperador de Todos os Males

Vencedor do prêmio Pulitzer de não ficção de 2011, Siddhartha Mukherjee é na realidade o autor de um livro de exceção, nos vários sentidos do termo: não só pela altíssima qualidade da obra, como pela rara abrangência com que tratou um dos mais difíceis temas da história do homem: o câncer. O Imperador de todos os males — Uma biografia do câncer é um livro denso e completo nas suas mais de seiscentas páginas.

Mukherjee parte de como foi levado a fazer um mergulho na história da doença para a narrativa da longa — e inacabada — batalha contra a doença. Ele conta como a doença demorou a surgir: “se o câncer já existia, ficou submerso no mar das outras doenças, manifestando-se apenas quando as outras cessavam”. Explica que “a longevidade contribuiu para o predomínio do câncer no começo do séc. XX”. Passa pelas cirurgias radicais de Halsted, médico que fez escola na segunda metade do séc. XIX. Citava-se “um velho provérbio árabe segundo o qual não é médico aquele que não mata muitos pacientes”.

imperador de todos os males

Em 1788 a Lei dos Limpadores de Chaminé foi aprovada pelo Parlamento, impedindo que mestres limpadores empregassem crianças menores de oito anos. Em 1834, a idade foi alterada para quatorze, e em 1840, para dezesseis. Em 1875, o uso desses meninos no trabalho estava totalmente proibido.[…] a epidemia de câncer no testículo entre limpadores, causada pelo homem, desapareceu em algumas décadas.

O livro avança até as terapias mais modernas, com o estudo de genes e proteínas. Mas esse é um combate caríssimo, em que decisões nem sempre são feitas com base nos princípios médicos. Mukherjee conta sobre um achado científico que a “perspectiva de gastar milhões numa molécula que beneficiasse milhares desanimava a Novartis”.

É um livro que nos amedronta e encoraja, nessa mistura de horror ante a variedade de formas da doença e a extraordinária dedicação de médicos e cientistas para encontrar sua cura.

 

Leia também: