Início » JS » Biografia » Lider Estudantil

Lider Estudantil

A UME foi o primeiro degrau da carreira política do jovem Sarney. Nessa época, enquanto organizava sua cultura e fixava seus objetivos, Sarney se dedicava à aprendizagem prática da política. Atuava no movimento estudantil e, por duas, vezes, elegeu-se presidente do Centro Liceísta, órgão do tradicional colégio público, o Liceu Maranhense, fundado há mais de 170 anos.

Empolgado com a política estudantil, ao tornar-se universitário, mal chegado à Faculdade de Direito, ingressa na União Maranhense de Estudantes (UME).

Em 1950, foi para as duas principais cidades do país, Rio de Janeiro, a capital, e São Paulo, onde como dirigente da UME representou o Maranhão na União Nacional dos Estudantes (UNE).

O Congresso foi realizado no auditório do Hospital das Clínicas e tinha como convidado especial Enrico Berlinguer, secretário-geral da Federação dos Jovens Comunistas Italianos (FGCI). Berlinguer seria secretário-geral do Partido Comunista Italiano, de 1972 até sua morte, em 1984.

O evento reuniu nomes que se tornariam famosos na cena política nacional, como Roberto Gusmão, Célio Borja, Paulo Egídio Martins, além do próprio Sarney.

De volta ao Maranhão, Sarney precisava decidir se aceitaria um convite recebido antes da viagem. No aeroporto de São Luís, o jornalista Franklin de Oliveira, amigo das rodas literárias, revelou-lhe a intenção de se candidatar a deputado federal pelo PSD e o convidou para integrar a equipe de campanha.

O convite foi aceito e ele passou a coordenar o comitê eleitoral de Franklin. A campanha concedeu-lhe a oportunidade de se aproximar de políticos do Maranhão.

Política Estudantil

A liderança política do senador José Sarney começou nos tempos de estudante. José Sarney participou ativamente da política estudantil no Maranhão. Foi presidente da União Maranhense dos Estudantes, representante da UNE no Maranhão. A atividade estudantil foi a porta de entrada para a política.

 

Leia também: