Início » Blog » Declaração do Presidente Sarney sobre o falecimento do General Leônidas Pires Gonçalves

Declaração do Presidente Sarney sobre o falecimento do General Leônidas Pires Gonçalves

Morre com o General Leônidas Pires Gonçalves o último dos grandes chefes militares que tomaram parte nos acontecimentos centrais da História do Brasil na última metade do século passado.

Foi um grande soldado, um profissional exemplar, com virtudes patrióticas e morais que o fizeram uma referência nas Forças Armadas.

Sua participação na transição democrática foi decisiva e a ele devemos grande parte da extinção do militarismo — a agregação do poder militar ao poder político — no Brasil. Ele deu suporte a que transição fosse feita com as Forças Armadas e não contra as Forças Armadas. Pacificou o Exército e assegurou e garantiu o poder civil. Reconduziu os militares aos seus deveres profissionais, defendendo a implantação do regime democrático que floresceu depois de 1985.

A obra da transição foi uma união de forças e líderes políticos e militares em que podemos destacar as figuras de Ulysses Guimarães, Tancredo Neves, Paulo Brossard, Aureliano Chaves e do General Leônidas Pires Gonçalves, do Almirante Maximiano da Fonseca, do Brigadeiro Murilo Santos, do Almirante Henrique Sabóia, entre tantos outros que compreenderam o momento histórico que vivíamos e asseguraram as condições para a volta da democracia.

Como Presidente da República que conduziu o processo sei a importância daquele momento e a contribuição do General Leônidas Pires Gonçalves.

Ele foi um exemplo de dignidade, de amor ao Brasil, de dedicação às instituições democráticas.

Perdi um grande amigo de que conheci o valor, o Brasil um grande soldado, o Exército Brasileiro um dos seus maiores generais de todos os tempos, cujo nome se inscreve entre os que fizeram sua grandeza e sua História.

 

Leia também: