Início » Artigos » Brasil pegando fogo

Brasil pegando fogo

Ninguém pense que vou falar de Gal Costa, essa beleza de artista e grande cantora baiana que nos anos 80 relançou a marchinha de Francisco Mattoso e José Maria de Abreu, “Pegando fogo”, um grande sucesso, que vinha desde 1939, quando foi cantada por Dick Farney.

A canção falava:

Meu coração está pegando fogo / Fogo, fogo / Foi uma morena que passou perto de mim…/ Morena boa que passa… / Deixando a gente até mal… / Mande chamar o bombeiro / Pra esse fogo apagar.”

As morenas continuam aí fazendo corações em labaredas. Mas as que nos preocupam agora, e também apertam o nosso coração, são as chamas que se espalharam pelo território nacional, destruindo reservas ambientais, ameaçando até mesmo cidades interioranas, acabando com plantações.

As queimadas são explicadas por termos tido as chuvas mais escassas de nossa História. Hoje elas atingem tudo, inclusive as belezas naturais, como a Chapada dos Veadeiros e, em nosso Maranhão, a área de Grajaú e Barra do Corda, de uma maneira brutal, que não destrói somente matas, mas ameaça as aldeias indígenas daquela região.

Parece que é verdade a teoria de que o aquecimento global que o mundo vem registrando nas últimas décadas é promovido pelo próprio homem, com o aumento das toneladas de carbono na atmosfera, outras formas de poluição e a destruição das florestas. O maior culpado, os Estados Unidos, que haviam reconhecido isso ao assinar o Acordo de Paris, são levados por Trump a dar marcha a ré, deixando com a China e a Europa, os segundos colocados nessa ordem negativa, a liderança do compromisso de salvar Terra.

A origem dessas queimadas é, muitas vezes, a ação criminosa de pessoas no descuido da agricultura primitiva feita na base do fogo, da coivara, com o adubo das cinzas que restam dessas catástrofes. Mas há muitas outras causas, desde ações de vândalos até fenômenos naturais, como a queda de raios, em que, infelizmente, o Brasil é um dos recordistas no mundo.

O Ministro do Meio Ambiente, Deputado Sarney Filho, está lidando com esse desastre no País inteiro, com muita dedicação e grande engajamento pessoal.

Nessa peregrinação, esteve esta semana em nosso Maranhão sobrevoando as áreas de queimada, que, infelizmente, são algumas das maiores do Brasil. O Ministro também, com sua visão de futuro e de ambientalista, que o é, tem evitado, na maioria dos casos, a expansão dessas já extensas áreas.

Agora está propondo ao Governo a modernização da sua frota de combate aos incêndios florestais, pedindo que o Presidente equipe a Aeronáutica com aviões-tanques, utilizados em outros países para combater esse desastre.

Infelizmente, o nosso planeta feroz, sujeito a terremotos, furacões, tufões, enchentes, secas, necessita de um cuidado cada vez maior para que continue sendo, como tem sido, a casa bela e acolhedora do homem. Mas se o Brasil está pegando fogo, Califórnia e Portugal, para citar os dois exemplos mais gritantes, estiveram em chamas, com tragédias maiores do que a nossa, que destruíram casas e deixaram mortos.

Se na canção de Gal Costa o nosso coração está pegando fogo por causa das morenas, não sabemos qual é a morena que faz com que as nossas matas estejam pegando fogo. De minha parte, pelas queimadas de nossas matas, meu coração está também ardendo de tristeza, sem deixar de pegar fogo pelas morenas.

José Sarney

 

Leia também: