Início » Blog » Desde novo, Sarney convive com grandes nomes da literatura como Manuel Bandeira e Odylo Costa, filho

Desde novo, Sarney convive com grandes nomes da literatura como Manuel Bandeira e Odylo Costa, filho

“Era apenas um almoço. Mas o encontro — que se repetia frequentemente —, no final da década de 50, reunia personalidades importantes. O jornalista e escritor maranhense Odylo Costa, filho dividia a mesa com o jovem ensaísta e político José Sarney, então com menos de 30 anos, e com personalidades consagradas. Também estavam presentes o poeta pernambucano Manuel Bandeira, a jurista sergipana Maria Rita Soares de Andrade, o monsenhor Joaquim Nabuco, sacerdote da Igreja Católica – que herdou o nome do pai, o herói da Abolição, Joaquim Nabuco. Colega de Sarney na Academia Maranhense de Letras, Odylo compartilhava com o amigo profundo sentimento de ligação com o Maranhão e a paixão pelas letras. Os dois seriam também, mais tarde, membros da Academia Brasileira de Letras. A casa de Odylo em Santa Teresa era um dos principais pontos de encontro de intelectuais e políticos no Rio de Janeiro, e ali Sarney iniciou amizades fundamentais em sua vida.”

Almoço histórico: à mesa, José Sarney, Monsenhor Nabuco, Manuel Bandeira, Odylo Costa, filho e Maria Rita Soares de Andrade

 

 

Leia também: